top of page

Pedido de Registro para pesca

Em uma iniciativa pioneira do Ministério da Pesca, assinou um acordo de cooperação e um lançamento de uma força-tarefa dedicada a zerar e viabilizar os pedidos de registro de pesca em todo o país. Com o aumento da demanda e da atividade pesqueira, o ministério reconheceu a necessidade de acelerar os processos de registro para pescadores, garantindo não apenas a legalidade de suas atividades, mas também a sustentabilidade dos recursos e mapear toda atividade pesqueira na região costeira e rios do Brasil.



A força-tarefa composta por uma equipe multidisciplinar, trabalhará incansavelmente para processar os pedidos de registro de pesca pendentes. Utilizando tecnologias avançadas e sistemas informatizados, o ministério pretende simplificar e agilizar o processo de solicitação, garantindo que pescadores em todo o país tenham acesso rápido aos seus registros.


Além disso, o Ministério da Pesca também está investindo em campanhas de conscientização para educar os pescadores sobre a importância do registro adequado. A legalização das atividades pesqueiras não apenas protege os recursos naturais, mas também permite que os pescadores acessem programas de apoio governamentais e participem de iniciativas de conservação.

"Estamos comprometidos em facilitar o registro de pesca para todos os pescadores do país. Queremos garantir que eles possam continuar seu sustento de maneira sustentável, respeitando o meio ambiente e contribuindo para a preservação dos nossos oceanos", afirmou o Ministro da Pesca em uma coletiva de imprensa.


A força-tarefa do Ministério da Pesca representa um passo significativo em direção à regulamentação eficaz da indústria pesqueira no país. Sendo que o setor movimenta mais de 8 bilhões de reais por ano e gera mais de 1 milhão de empregos. Portanto, espera-se que essa iniciativa não apenas zere o backlog de pedidos de registro de pesca, mas também estabeleça um modelo eficiente para o futuro do setor da pesca, promovendo a pesca responsável e a conservação dos recursos para as gerações vindouras.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page